Um pouco do cotidiano de uma irmã de um jovem com autismo

                  

Nosso Blog

Um pouco do cotidiano de uma irmã de um jovem com autismo.

III Simpósio do Grupo ABAcadabra!

Como é bom encontrar pessoas que compartilham das mesmas lutas e dos mesmos sonhos que a gente, né? Foi o que aconteceu comigo nesse final de semana. Fui ao III Simpósio de Atualização em TEA do Grupo ABAcadabra e foi incrível!

Os temas abordados foram diversos, mas todos baseados na Análise Aplicada do Comportamento, ciência e área fundamental do conhecimento para a estimulação correta de crianças, jovens e adultos com autismo. Os conteúdos das palestras foram desde aspectos legais e práticos da Inclusão Escolar, a Intervenção Fonoaudiológica baseada em ABA até Contribuição da Genética e a Modelagem em Doenças no TEA e a Inclusão de autistas no mercado de trabalho. Além disso, também houve a contribuições sobre Treino de Habilidades Sociais e o Uso do ABA aplicado à Educação Física Especial. Outro importante ponto o Diagnóstico Tardio e o Autismo na Vida Adulta. Os palestrantes todos de altíssimo nível, alguns que eu já acompanhava há tempos e tive o prazer de conhecer pessoalmente; outros que tive a grata surpresa de ouvir pessoalmente.

Aprendi muito nestes dois dias e me encantei ainda mais pela área da análise comportamental! É incrível saber como os gatilhos, reforçadores, situações antecedentes e posteriores, influência de relações pessoais e do ambiente nos afeta… E pensar o quanto tudo isso tem forte impacto em nossos autistas explica muito do que eles sentem/fazem! União perfeita entre conhecimento e compreensão para que possamos proporcionar uma melhor qualidade de vida para eles (e para nós!). O ABA ensina que, em variadas situações, podemos estruturar ou, "em termos leigos, controlar" o ambiente e modelar ações a fim de que eles compreendam melhor a realidade à sua volta. Sensacional como pequenas coisas podem fazer toda a diferença!

Eu também tive a oportunidade de participar da mesa redonda intitulada “TEA: O Impacto do Diagnóstico na Dinâmica Familiar”, juntamente com os maravilhosos Nicolas e Anita Brito e Chimena Gama. Que honra! Falar da minha experiência como irmã do Mateus foi muito especial! Mateus é o maior professor que eu tenho na vida, e passar um pouco do que aprendi com ele para outras pessoas é um privilégio! Gratidão às diretoras do Grupo ABAcadabra e à toda a equipe, que fazem um trabalho incrível em Campinas e que realizaram um evento impecável. Vocês e todos que encontrei nesses dias… Já moram no meu coração! Obrigada! Agora já estou de volta em Porto Alegre, pois estou com saudades do meu xuxu, né gente? :)

Tags: Movimento Autista no Brasil, Autismo, Profissões e o Autismo